Horário de Verão Termina no Próximo Dia 20

Depois de 126 dias em horário de verão, enfim, os brasileiros ficarão livres desta resolução que divide opiniões por todo o Brasil. O fim da medida acontecerá no dia 20 de fevereiro.
A maioria das pessoas não consegue se acostumar com o fato de terem que acordar mais cedo, uma vez que, não conseguem se acostumar a dormir mais cedo e desta forma acabam perdendo uma hora de descanso por dia.
Por outro lado existem pessoas que conservam simpatia em relação ao horário, já que o fato de demorar mais para escurecer, faz com que o dia seja mais bem aproveitado.
Realmente, o horário de verão possui seus prós e seus contras. Quem é que não gosta de chegar em casa depois do trabalho e ainda ser dia? Entretanto, quem é que gosta de acordar às 6h da manhã quando deveria acordar às 7h?
Para alguns indivíduos é muito difícil se acostumar com esta mudança, já que a maior parte do ano é passada em horário normal, o que provoca um “efeito sanfona” do sono e do cotidiano das pessoas.
Para aqueles que odeiam o horário, lá vai uma notícia que os fará odiá-lo mais ainda. Existe um decreto presidencial de número 6.558/2008 determinando que a temporada do horário de verão deve acontecer no terceiro domingo de outubro e prolongar-se até o terceiro domingo de fevereiro do próximo.
“A norma possui o objetivo de conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, de energia elétrica. Na prática, o adiantamento do horário em uma hora diminui o carregamento nas linhas de transmissão, subestações e nos sistemas de distribuição, de forma que, o atendimento em épocas de maior consumo ocorra com maior eficiência”, informa o Ministério de Minas e Energia.

O tão controverso horário de verão existe nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do país e nas três regiões contabiliza-se, normalmente, uma redução média de apenas 5%.

Será que vale à pena usar as pessoas como, nada mais, que um

“produto humano” promovendo-lhes transtornos e prejuízos à saúde, por causa de míseros 5% de economia?

E se esta medida é realmente útil e necessária aos olhos do governo, por que não ser adotada em todos os estados do país?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s